Toda empresa que presta serviços de transporte de cargas ou que possua uma frota para entregas precisa implantar uma gestão de riscos. Visando minimizar os diversos problemas que afetam os resultados dessa área é preciso estudos e ações que reconheçam os problemas, apresentem as melhores alternativas para eliminá-los, apliquem métodos e ferramentas para diminuir os riscos da operação. Não tomar providências para a proteção da operação é colocar em risco o negócio e arcar com sérios prejuízos envolvendo recursos financeiros, perdas materiais e até mesmo vidas.

A gestão de riscos consiste em desenvolver, aplicar e manter planos de gerenciamento visando a eliminação ou minimização dos problemas que envolvem o transporte de cargas e a logística da empresa. Os maiores riscos encontrados pelas transportadoras e empresas que tem sua frota própria de veículos para a realização das movimentações de mercadorias são os seguintes:

  • Roubos e assaltos;
  • Perda ou avaria das mercadorias durante o trajeto;
  • Acidentes e danos com os veículos;
  • Apreensões de cargas e multas;
  • Atrasos na entrega;
  • Falhas nos processos, elevando os custos do transporte.

Todos esses problemas colocam em risco o resultado da operação, portanto, para cada um deles deve-se tomar providências, evitando-os ou pelo menos diminuindo a sua frequência. A partir da identificação dos problemas são necessárias ações, o que significa colocar na prática intervenções que possam evitar as situações citadas anteriormente.

É essencial que os profissionais contratados tenham características que envolvam extrema responsabilidade, portanto todo o cuidado deve ser tomado para evitar que motoristas e ajudantes com mau comportamento façam parte da equipe.

A tecnologia também colabora para um completo rastreamento de veículos e suas cargas durante toda viagem. Através dessa ferramenta é possível verificar as paradas, roteiros utilizados e acompanhamento desde a saída até a entrega da mercadoria ao seu destino.

Através do mapeamento e da roteirização é possível, através de sistemas, desenvolver os melhores trajetos para a entrega de mercadorias, configurando e escolhendo opções que considerem: distância, prazo de entrega, tráfego da região, custos com combustível, pedágios, assaltos e outros problemas com segurança.

A gestão de riscos é a melhor forma de se prevenir e minimizar os problemas existentes nas estradas do Brasil. Quer saber mais? Entre em contato com a nossa equipe comercial!

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *